Renata Costa
20 de janeiro de 2019
Categorias Empreendedorismo

Por que você tem medo?

É tempo de renovar as esperanças. Mais um período que se inicia, um novo ciclo, com muitos planos, muitas promessas, a certeza de que várias oportunidades de construir e viver experiências diferentes começam com a simples virada da folhinha. E isso é bom! Muito bom mesmo! Precisamos ter motivos para começar e recomeçar sempre e agora parece ser um ótimo momento para isso.

Todo início de ciclo é a mesma coisa. Vejo e ouço pessoas dizendo que tudo será diferente, que vai colocar em prática aquele regime; que vai finalmente se afastar daquela relação que não faz bem; que vai terminar a faculdade; que vai se mudar de cidade; que vai largar o emprego e trabalhar com o que gosta; e por aí vai. Daí o tempo passa e quando você vê, já se foram três, quatro, cinco, seis meses… Metade de um ano ficou para trás e, espantosamente, metas, objetivos, sonhos, tudo precisa novamente ser (re)programado.

Uma vez ouvi de uma terapeuta: “você tem muito medo de ser um sucesso”. Aquilo me atingiu como uma bala perdida, aquele impacto estranho que acontece assim de repente e o qual você nem sabe de onde veio. Depois do susto, comecei a pensar sobre o assunto. Será que o medo me impedia de fazer aquilo para o qual eu me propunha? Será que o medo de falhar era maior do que a vontade de realizar algo no qual sonhava? Pensei na minha vida e em tudo que já havia realizado. Em quantas vezes (re)programei metas e objetivos de vida simplesmente porque achava que seria difícil demais alcançá-los. E concluí: sim, o medo nos domina.

A minha vida toda fui empreendedora, tanto na minha vida pessoal como profissional. Sempre achei que lidava bem com mudanças, mas percebi, por minha conta e risco, de que o medo sempre esteve presente e, muitas vezes, se tornou um grande inimigo me causando inseguranças e apoiando a minha zona de conforto. Decidi que se não podia combater o inimigo deveria me aliar a ele. Aprendi a olhar e saber como tratá-lo. O medo nos freia na maioria das vezes, mas também impulsiona se existe a coragem de encará-lo.

Uma vez, numa das diversas mentorias que já dei, encontrei uma moça muito inteligente e que estava consciente de que não gostava do que fazia no seu trabalho, apesar de receber uma boa remuneração. Apesar de se sentir infeliz profissionalmente, o medo de mudar e não obter o sucesso que já possuía a dominava e entristecia a cada manhã que tinha que despertar e se arrumar para o trabalho. Sem apoio da família para empreender na área que gostava, engavetava os seus sonhos dia após dia. Certa vez, sofreu um acidente e precisou ficar 4 meses em casa. Foi a oportunidade perfeita para trabalhar nos seus planos do novo negócio e, após os 4 meses de atestado, entendeu que não deveria temer um novo ciclo e se entregou para sua paixão: viagens.

Então, o que você está esperando para olhar para esse medo e mudar a sua vida? O que você ainda aguarda para empreender, fazer diferente hoje, mudar aquilo que incomoda? O que ainda falta para você tomar as rédeas da sua vida e começar a construir algo ainda hoje? Não me diga que está de férias ou que vai esperar o Carnaval passar… O tempo é agora! Não dá mais para inventar desculpas, empurrar com a barriga, planejar demais, pensar muito. Você tem um ano novinho começando inteiramente para você.

Inicie de forma simples. Coloque no papel tudo aquilo que mais ama fazer e também o que você considera que faz bem. Encontre pontos de interseção e arregace as mangas. Tire do papel as suas ideias, converse com outras pessoas, coloque em ação da forma mais simples possível, mas faça hoje! O amanhã pode nem existir. Olhe para o seu medo de mudar e encare-o. Não se acomode em ser “mais ou menos feliz”. Você pode e deve ser muito feliz. Se não quer mais o seu emprego, comece a pensar e a implementar uma alternativa agora. O que não faltam são oportunidades para criar, inovar, diversificar. Aproveite este novo ciclo que acaba de chegar. Mude de cidade, de amigos, de trabalho, de guarda roupa. Não importa, mas mude. Não deixe o medo dominar. Tenho certeza de que o universo vai lhe receber de braços abertos.

Feliz 2019 para você.

Renata Costa
20 de janeiro de 2019
Categorias Empreendedorismo